CONTEXTOS DE INTERVENÇÃO

São competências do Fisiologista do Exercício:

- Planear, prescrever e conduzir programas de exercício físico individualizados ou em grupo, para populações saudáveis, com determinadas condições especiais ou clínicas ou atletas;
- Realizar avaliações da aptidão física e de parâmetros fisiológicos relacionados com o exercício físico, o rendimento desportivo e a saúde;
- Realizar avaliações do movimento e de habilidades motoras, relacionados com o exercício físico e a preparação desportiva;
- Promover a mudança comportamental para o aumento da prática de atividade física, redução do comportamento sedentário, melhoria dos hábitos de sono e de escolhas alimentares saudáveis;
- Participar na supervisão e na formação de profissionais de exercício e desporto;
- Apoiar as atividades de gestão técnica e da qualidade de ginásios, health clubs, clubes desportivos ou outros;
- Conduzir tarefas de investigação básica e aplicada na área da atividade física, exercício e saúde e rendimento desportivo;
- Desenvolver e melhorar a sua intervenção na área da atividade física, exercício e saúde e rendimento desportivo, com base no estado da arte do conhecimento científico.

Não são competências do Fisiologista do Exercício:

- Prescrever exercício e realizar avaliações da condição física em populações de alto risco, sem a devida supervisão clínica;
- Diagnosticar qualquer problema de saúde, doença ou condição clínica;
- Prescrever programas de reabilitação física;
- Prescrever planos de nutrição;
- Prescrever qualquer tipo de medicamentação ou suplementação;
- Fornecer qualquer tipo de aconselhamento psicológico.

Populações de intervenção:

- População adulta aparentemente saudável;

- Populações Especiais:
- Populações com condições clinicas: doenças cardiovasculares, respiratórias, metabólicas, músculo-esqueléticas, oncológicas, entre outras...;
- Populações portadores de deficiência;
- Atletas.

- Populações em fases especiais da vida:
- Crianças e Jovens
- Mulheres Grávidas e no pós-parto
- População idosa
- População idosa frágil


Contextos de Intervenção:


- Health & Fitness Clubs;
- Federações, Associações ou Clubes Desportivos;
- Programas na Comunidade;
- Formação & Investigação;
- Hoteis e Spa;
- Outdoor & Online;
- Hospitais, Centros e Clínicas de Saúde.

Exemplos:

- Programa comunitário de Envelhecimento Ativo ou de Exercício e Diabetes;
- Atividade de grupo num ginásio ou num hotel;
- Preparação física, avaliação e controlo do treino de atletas de alto rendimento numa federação ou clube desportivo;
- Sessão de treino personalizado em ambiente outdoor ou num ginásio;
- Programa de reabilitação cardíaca num hospital;
- Serviço de avaliação e prescrição do exercício numa farmácia ou ginásio.

São competências do Fisiologista do Exercício:

- Planear, prescrever e conduzir programas de exercício físico individualizados ou em grupo, para populações saudáveis, com determinadas condições especiais ou clínicas ou atletas;
- Realizar avaliações da aptidão física e de parâmetros fisiológicos relacionados com o exercício físico, o rendimento desportivo e a saúde;
- Realizar avaliações do movimento e de habilidades motoras, relacionados com o exercício físico e a preparação desportiva;
- Promover a mudança comportamental para o aumento da prática de atividade física, redução do comportamento sedentário, melhoria dos hábitos de sono e de escolhas alimentares saudáveis;
- Participar na supervisão e na formação de profissionais de exercício e desporto;
- Apoiar as atividades de gestão técnica e da qualidade de ginásios, health clubs, clubes desportivos ou outros;
- Conduzir tarefas de investigação básica e aplicada na área da atividade física, exercício e saúde e rendimento desportivo;
- Desenvolver e melhorar a sua intervenção na área da atividade física, exercício e saúde e rendimento desportivo, com base no estado da arte do conhecimento científico.

Não são competências do Fisiologista do Exercício:

- Prescrever exercício e realizar avaliações da condição física em populações de alto risco, sem a devida supervisão clínica;
- Diagnosticar qualquer problema de saúde, doença ou condição clínica;
- Prescrever programas de reabilitação física;
- Prescrever planos de nutrição;
- Prescrever qualquer tipo de medicamentação ou suplementação;
- Fornecer qualquer tipo de aconselhamento psicológico.

Populações de intervenção:

- População adulta aparentemente saudável;

- Populações Especiais:
- Populações com condições clinicas: doenças cardiovasculares, respiratórias, metabólicas, músculo-esqueléticas, oncológicas, entre outras...;
- Populações portadores de deficiência;
- Atletas.

- Populações em fases especiais da vida:
- Crianças e Jovens
- Mulheres Grávidas e no pós-parto
- População idosa
- População idosa frágil


Contextos de Intervenção:


- Health & Fitness Clubs;
- Federações, Associações ou Clubes Desportivos;
- Programas na Comunidade;
- Formação & Investigação;
- Hoteis e Spa;
- Outdoor & Online;
- Hospitais, Centros e Clínicas de Saúde.

Exemplos:

- Programa comunitário de Envelhecimento Ativo ou de Exercício e Diabetes;
- Atividade de grupo num ginásio ou num hotel;
- Preparação física, avaliação e controlo do treino de atletas de alto rendimento numa federação ou clube desportivo;
- Sessão de treino personalizado em ambiente outdoor ou num ginásio;
- Programa de reabilitação cardíaca num hospital;
- Serviço de avaliação e prescrição do exercício numa farmácia ou ginásio.

/ PARCEIROS
TOPO
RECEBA TODAS AS NOVIDADES ATRAVÉS DA NOSSA NEWSLETTER